“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


terça-feira, 11 de junho de 2013

Gráficos e Tabelas nas Séries Iniciais – Matemática e Gênero Textual – 2º e 3º Anos

 

clip_image002

       Desde o 2ºAno do Ensino Fundamental, (para as crianças que já dominam o sistema alfabético que já compreende que cada letra (grafema), geralmente, é representada por um som (fonema) e, por isso, já é capaz de ler e de escrever de forma mais autônoma), os alunos precisam aprender a ler gráficos e tabelas que são ferramentas que apresentam, de acordo com *Capelossi Reis, informações de “forma mais visual”.

       Por que o aluno, nas séries iniciais, precisa aprender a construir e interpretar gráficos e tabelas? Porque eles estão em toda parte e esse conhecimento matemático (presente em todas as disciplinas) e, também, uma das diversas formas de gênero textual será uma constante em toda a sua vida acadêmica, em seu dia a dia. O aluno, nas séries iniciais, descobre uma maneira de ler e de raciocinar sobre quantidades de forma não somente gráfica como através de uma imagem associada a dados, quantidades expressas em números.

     Há vários tipos de Gráficos, porém, basicamente, os mais comuns são:

Gráficos de Barras

DSC06408Os gráficos de barras ou colunas são usados para comparar dados quantitativos. É formado por barras ou colunas com a mesma largura com comprimentos que variam de acordo com a quantidade que representam. A barra mais longa é a referência para as outras barras.

Gráfico de Setor

DSC06410O gráfico do tipo setor é mais apropriado para agrupar ou organizar quantitativamente dados, levando em conta um total. A circunferência

representa o todo e a divisão representam os números relacionados com o tema em questão.

Gráfico de Linhas

gráficos de linhaO gráfico de linhas é uma forma de apresentar a evolução de um dado.

Para que o professor tenha sucesso com essas atividades com os alunos das séries iniciais é necessário que seja uma atividade com base no cotidiano da turma, a coleta de dados, a construção do gráfico, através do que é significativo para eles.

Exemplos: trabalhar gráfico e tabelas depois de uma atividade realizada na sala, como por exemplo:

Gráfico de barras – após um lanche coletivo, em que cada criança traz de casa o lanche, que deverá ser listado na lousa para a coleta delan dados, no final do lanche, construindo o gráfico em que as barras vão mostrar qual foi a preferência da maioria: frutas, bolo, sanduiches,doces, refrigerantes, sucos, etc.

       imagem: educador. brasilescola.com

Gráfico de setor – propor aos alunos uma identificação por ordem de tamanho. O professor leva uma fita métrica, mede os alunos e coloca os dados na lousa, depois será construído o gráfico, com as divisões representando a quantidade de alunos nos diversos tamanhos coletados.  mecr   

Gráfico de linhas: o professor solicita aos pais que enviem o cartão da criança (vacinas e gráfico de crescimento) e levando umaccr réplica em tamanho ampliado e colocado na lousa procederá com os alunos a interpretação.

Após a realização das atividades motivadoras, da construção do gráfico e tabela, produzir um texto coletivo e/ou solicitar uma produção individual, de acordo com a atividade realizada e a forma como os alunos trabalharam, o professor saberá qual o tipo de produção fará. E para as atividades matemáticas poderá fazer o uso de um questionário com perguntas que estabelecem dados quantitativos e como se relacionam entre si.

Veja no blog Só Atividades Para Sala de Aula atividades com gráficos realizados numa turma de 3º ano – séries iniciais – clicando > Aqui.

Por: Júlia Virginia de Moura - Pedagoga

*Cleusa Capelossi Reis - Consultora Pedagógica - Ensino Fundamental/Médio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores