“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


domingo, 23 de junho de 2013

Atividades para Festa Junina – Gênero Literário: Anúncio/Convite

  convit  Nos meses de Junho e Julho já é tradição nas escolas os preparativos para um grande evento a “Festa Junina”. Esta festa envolve toda a comunidade escolar.  Equipe gestora, coordenadores, professores, alunos, famílias conciliam as atividades pedagógicas do cotidiano escolar com os ensaios de quadrilhas, com a decoração da escola, movimentações com os concursos de “rainha e rei da festa”…. Cada escola já tem seu cronograma de atividades que são oferecidas aos alunos e  á comunidade, pois sempre é uma festa que visa um mínimo de lucro que sempre é revestido na própria escola: passeios para aos alunos, pagar premiações dos concorrentes, pagar as despesas com a ornamentação e comidas típicas, promover a festa do dia das crianças, inovações nos brinquedos para as “brinquedotecas”… e etc..

     Pensando em toda essa movimentação é bom lembrar que todos estão muito motivados com estas festividades e como não poderia deixar de ser, as  atividades pedagógicas curriculares vão estar relacionadas com o tema da festa, já que os alunos se encontrar super motivados: é o momento do professor trabalhar conteúdos carregados de significação para sua turma.

     Vejam as sugestões que podem ser trabalhadas nas séries iniciais e ser adequadas ao Fundamental II:

      Nas turmas de 1º ao 5ºAno – Construção de textos: O texto publicitário ou propaganda é um dos gêneros mais usados no ensino de leitura e produção de textos. Está presente por meio de inúmeros portadores, seja na mídia impressa (jornais, revistas, cartazes, prospectos, folhetos), seja na eletrônica (cinema, televisão, internet).

       Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) propõem que a leitura e a produção de textos sejam desenvolvidas de uma maneira adequada e útil ao universo escolar e à realidade social do aluno.

   O gênero literário propaganda, anúncio, pode ser trabalhado com os alunos levando para sala de aula modelos de inúmeros anúncios que são da vivência deles (direcionados ao público infantil para que sejam significativos) :

clip_image001

clip_image002

clip_image003

clip_image004

Anúncio, Propaganda/Convite (mais popularmente conhecido como “folder”).

Passo a Passo

Passo a Passo

1. Levar um modelo pronto de evento direcionado ao nível (faixa etária e interesses da turma).

2. A finalidade de um Anúncio/Convite: trazer pessoas ao local do evento.

3. Explorar com os alunos a composição, desde o tipo de papel ao formato: os aspectos formais e de conteúdo podem caracterizar grupos de textos.

4.  A presença e organização de seus componentes estruturais: do título, subtítulo, texto (chamada, argumento, fecho), assinatura, slogan precisam ter  a finalidade de  despertar o interesse  de quem vai ler.

5. Determinar o público a quem se destina.

6. Levar aos locais previamente determinados e adequados.

Trocando em miúdos:

1- O professor,

levando um modelo pra sala de aula, vai provocar nos alunos a interpretação do mesmo:

1-Por que foi feito? O que se pode saber através deste anúncio?(o que, como, onde, quando e quanto?) São dados que devem ser registrados na lousa, de acordo, com as respostas dos alunos.

Observar em que ordem foram colocados. Por que? Porque são as informações mais importantes que vão chamar a atenção de quem ler e essas informações vão fazer com que as pessoas, mesmo que não estejam muito interessadas, vão comparecer ao evento (importância do slogan).

2- Lembrar que a escola está promovendo um evento aberto á comunidade e ás outras escolas, também. E que os próprios alunos da escola precisam saber o que vai acontecer neste evento.

3- Sugestão: podemos fazer alguns destes anúncios e colocar na escola? O que pensam sobre isso?

4- Todos participam de cada classificação das informações que irão para o anúncio:

  • Título do evento.
  • Data.
  • Horário.
  • Local.
  • Principais Apresentações.
  • Comidas Típicas.
  • Slogan.
  • Preço do ingresso.
  • Destinação da Renda do Evento.

Imagens. (deixar que os alunos façam as sugestões: imagens coladas, desenhos… para séries finais este anúncio pode ser produzido na sala de informática usando os programas que podem ser inseridos textos e imagens: como o Word, Paint. Net e outros de recursos fáceis).

4- Dividir a turma em grupos. Grupos pequenos. Cada grupo deve ter alunos de todos os níveis da psicogênese da escrita (se for em turmas de séries iniciais),  os que escrevem os que ilustram,  os que podem recortar e colar (trabalhar com dobraduras, montagens de fogueiras com palitos de picolé, material de festa junina: juta, palha de milho, pipoca estourada, bonecos, use sua criatividade…). todos devem participar.

5. Material: (escolha de acordo com o que pretende produzir com os alunos)

Cartolina ou papel cartão, canetão, canetinha, giz de cera, revistas velhas para recortar (gravuras ou palavras), lápis de cor, tinta guache, tinta gliter, papel celofane (par imitar fogo nas fogueiras, palitos de picolé, papel fantasia (para mini bandeirolas), gravuras de personagens do interior (como Chico Bento)). Emborrachado, garrafas peti. Barbante, emborrachado.

*Atenção você montar um anúncio simples com textos e imagens coloridas ou pintalada. Se optar por um trabalho mais elaborado, divida os grupos de acordo com o que cada grupo vai fazer especificamente:

-dobraduras, bonecos de pano, varal de mini bandeirolas de papel ou tecido, emborrachado: cole e misture várias técnicas: desenho, colagens, e montagens.

clip_image001[1] clip_image002[1]

clip_image003[1] clip_image004[1] clip_image005

clip_image006clip_image007

clip_image008 fogueirinha confeccionada com papel laminado colorido

clip_image009

    De preferência, cada grupo confeccione seu Anúncio com suas ideias, Espalhe pela escola em vários pontos e envie a outra escola, aos pais…

Não perca a oportunidade de trabalhar conteúdos de língua portuguesa e matemática com dados colhidos do evento: quantas turmas vão apresentar a quadrilhas?(exemplo):

Construa com os alunos situações problemas e fatos fundamentais.

Matemática    clip_image010
1-Dividir a turma em grupos, ou fazer a escolha da turma (caso o projeto envolva toda a escola) que vai ser a organizadora das barracas da alimentação e bebidas.
A-Planejamento-Solicitar aos alunos que:
convidem uma comissão de coordenadores da escola para orientá-los quanto aos fundos monetários necessários, as transações comerciais, e as alternativas de se angariar condições financeiras para investir no evento. Por exemplo, orientações com o profissional da escola que é responsável pela o lanche e sabe matematicamente quantidades de alimentos que cada pessoa ou aluno consome, e como calcular numa festa, construindo uma planilha, estabelecendo previsões e estimativas e o professor vai trabalhar a construção de enunciados de situações-problemas e as soluções através das operações (algoritmos) que vão surgir deste planejamento.
* Todas as atividades aqui sugeridas devem ser adequadas ao nível de conhecimento dos alunos.
Nesta atividade o professor, de acordo com os dados colhidos pelos alunos, vai trabalhar as questões matemática no nível da turma: divisão, multiplicação…
B-Objetivos
Ampliar l i a r   o s   p r o c e d procedimentos n t o s   d e   c á l c u l o  — mental tal,   e s c r i t o,   e x a t o, aproximado — pelo conhecimento de regularidades dos fatos fundamentais, de propriedades das operações e pela antecipação e verificação de
resultados.
• Refletir sobre procedimentos de cálculo que levem à ampliação do significado do número e das operações, utilizando a calculadora como estratégia de verificação de resultados
• Coleta, organização e descrição de dados.
• Leitura e interpretação de dados apresentados de maneira organizada (por meio de listas, tabelas, diagramas e gráficos) e construção dessas representações.
• Exploração da ideia de probabilidade em situações-problema simples, identificando sucessos possíveis, sucessos seguros e as situações de “sorte”.
• Utilização de informações dadas para avaliar probabilidades.
• Resolver situações-problemas que envolvam contagem, medidas, os significados das operações, utilizando estratégias pessoais de resolução e selecionando procedimentos de cálculo.
Através de dados colhidos: quantidades: número de pessoas, estimativas, porcentagem em relação comensais, alimentos e bebidas.


6-Trabalhar Técnicas para solucionar situações- problemas
Compra de: leite, refrigerantes, pães para cachorro quente, salsicha para cachorro. Quente, doces (pé-de-moleque), óleo para pipoca
(os demais ingredientes das comidas típicas seriam solicitações em doações pelos alunos e comunidade)
1-Organização  dos dados  identificados (dado e pedido), antes de começar a tentar resolver o problema. (veja outras sugestões clicando aqui – contendo dados e construção do texto organizativo do problema: (construção de enunciados) .

Trabalhe o desenvolvimento de cálculo por estimativa: quantas pessoas provavelmente virão?

Língua Portuguesa: construção de palavras, avanço nas hipóteses da psicogenética da escrita, (leia mais aqui):

clip_image011 clip_image012

Trabalhar  a formação das palavras, usando fichas (que são retiradas da “preguiçinha” lentamente, para a criança visualizar as letras, quantidades de letras, letras e sons iniciais, sons finais; podem ser usada para ditado de palavras, e de acordo com a série/ano, formação de frases.  frases, produção de textos (coletiva e/ou individual) sobre a realização da atividade de construir um anúncio.

Estas atividades de língua portuguesa e matemática podem ser adequadas para após a festa junina da escola.

Veja também no blog SÓ ATIVIDADES PARA SALA DE AULA sugestões de atividades através de uma feirinha de artesanato na Festa Junina.

Por: Júlia Virginia de Moura – Pedagoga

Um comentário:

  1. Perfeito! Obrigada por todas as orientações bem detalhadas! Obrigada!

    ResponderExcluir

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores