“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


sexta-feira, 3 de maio de 2013

Produção de Texto–Reconto Através de Cenas–Organização do Pensamento– 2º Anos–Séries Iniciais

clip_image001

           Estas atividades de leitura e escrita foram desenvolvidas na escola em que trabalho durante o projeto “Parada Literária”. Para ler mais sobre o projeto e outras atividades visite o blog da Escola Classe 02 do Arapoanga clicando > Aqui.

           As professoras das turmas de 2º Anos – Vespertino -  fizeram uma adaptação do conto “Chapeuzinho Vermelho”  para “Chapeuzinho no Mundo da Leitura”,  em que o personagem principal “Chapeuzinho Vermelho” precisava levar para a vovozinha muitos livros… uma cestinha cheia de livros para que ela pudesse ler enquanto estava se recuperando. O Lobo queria matar a menina, pois não gostava de crianças que sabiam ler, pois ficavam muito inteligentes e espertas. E fez tudo, tentou matar a vovó e tudo que pode fazer  para destruir esse mundo da leitura. No final da trama  Chapeuzinho faz um convencimento ao lobo de que “ler é uma das coisas mais importantes que alguém pode aprender”. As crianças compreenderam  “que ler era muito importante para ter uma vida mais feliz”. E todos viveram felizes para sempre…

clip_image002clip_image003

clip_image004clip_image005

clip_image006 clip_image007

      Após a dramatização as professoras desenvolveram diversas atividades de leitura e escrita, conto e reconto produção de textos… cada turma dentro das necessidades de conteúdos a serem inseridos ou reforçados.

clip_image008

      O livro “O Grande Rabanete” de Tatiana Belinky, foi outro conto trabalhado na sala de aula.   A história, de enredo simples, tem como atrativo principal a forma: é narrada como um conto cumulativo — forma que encanta e diverte a garotada, além de representar um excelente treino de memória. As frases — simples — são bastante adequadas aos que se iniciam na leitura, o que não quer dizer que sejam pobres; serve-se de recursos originais, como a repetição: “o rabanete cresceu-cresceu e ficou grande-grande”. Além do aspecto linguístico, é possível explorar, por meio da narrativa, o lado humano: a questão da solidariedade, da cooperação, da divisão de bens e até da autoestima exacerbada, aspecto representado pelo ratinho, no bem-humorado e imprevisto final.

clip_image009         O 2º Ano “G –  a professora Lorena trabalhou a estrutura do texto, organização sequencial, estimulando a organização do pensamento lógico. Dividiu o texto-base da da historinha (O  Grande Rabanete), em partes principais,  cenas, que foram distribuídas para que todos pudessem interpretar e colorir. Em seguida  separou a turma em grupos que tivessem colorido a mesma cena.

      Após o agrupamento, a professora solicitando realizassem  a reconstrução da história de acordo com as imagens representando as cenas principais, organizando-as pela sequencia: como tudo começou? O grupo apresentava a cena e a turma toda discutia se realmente foi à primeira cena e assim até o fim da história. As cenas iam sendo colocadas em uma folha branca  (escolhidas pelos os alunos) até o final  da história.clip_image010

                                         Reconto através de  Cenas  

clip_image011

       Os objetivos planejados com essa atividade  foram:

  • organizar o pensamento lógico,
  •  
  • identificar a sequência e coerência,
  • os aspectos estruturais de um texto,
  • vocabulário,
  • reconto através de imagens para alunos pré-silábicos e silábicos,
  • palavras-chave para avanço nas hipóteses,
  • frases e pequenos textos para os ortográficos.
  • Valores para vida: discriminar o bem do mal, a importância da leitura,solidariedade, da cooperação.
  • habilidades motoras: dobraduras.
  • expressão artística.

clip_image012

                                           Dobradura- expressão artística

      A turma da professora Adriana Martins, o 2º Ano “I”,  que representou o personagem principal na dramatização do “Chapeuzinho no Mundo da Leitura”.

clip_image013

além das atividades leu outros contos, como a Casa Sonolenta, mas desenvolveu atividades dos conteúdos programáticos, muito divertidas e dinâmicas escolhendo o   conto que mais gostaram: “O Chapeuzinho Amarelo” de Chico Buarque. A professora Adriana decidiu provocar descobertas em torno de um conto clássico: “Chapeuzinho Vermelho” que foi lido em sala de aula, depois associaram com a dramatização “Chapeuzinho no Mundo da Leitura”   estabelecendo diferenças e semelhanças e intenções e  analogias das duas maneiras de se escrever uma mesma história e a releitura do conto de Chico Buarque “Chapeuzinho Amarelo”. Dessa provocação as crianças descobriram que havia pontos em comum importantes, como:

  • a presença do bem e do mal,
  • o sentimento de medo
  • e duas maneiras de enfrentar o medo.
  • e o ponto principal objetivado pela professora: “ler e escrever é a coisa mais fantástica que se pode fazer: transmitir, através da escrita, grandes ideias de diversas formas sérias e divertidas, com sentimentos diversos, e até brincando com as palavras e com os personagens que falam com quem lê”. Essa foi a conclusão dos alunos, maravilhados com as três versões do conto; o original e as outras duas versões que serviram para falar de outras coisas).
  • clip_image014 clip_image015 clip_image016

       Após toda esta atividade oral sobre a leitura e os contos, a professora aproveitou que a turma estava bastante motivada, para desenvolver as atividades pedagógicas, aproveitando as interpretações para produzirem coletivamente um texto sobre “Chapeuzinho Amarelo”.

clip_image017 clip_image018

com ilustrações  individuais.

     Trabalhou as palavras que mais se destacaram no texto, com o objetivo de desenvolver os níveis da psicogênese da escrita: vocabulário, formação das palavras, letras inicias e finais (sons das letras), estruturação de frases e pequenos recontos individuais, finalizando com um ditado para posteriormente avaliar as necessidades dos alunos nos avanços na aquisição da escrita, para novos planejamentos. Além de todos os conteúdos programáticos, a professora Adriana achou muito importante o trabalho realizado sobre como enfrentar os medos: valores para vida.

clip_image019

 

Parabéns às professoras e aos alunos!

IV Parada Literária/2013

Escola Classe 02 do Arapoanga

Nenhum comentário:

Postar um comentário

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores