“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Psicologia Escolar–Especialização UnB

u

Pós – Graduação

Especialização Lato Sensu

2012/2013

· Público Alvo: Psicólogos Graduados

· Carga Horária: 420 horas/aulas

· Duração: 03 semestres (18 meses)

· Mensalidade: R$ 500,00

· Dias e horários: 2ªf e 4ªf - de19h às 22h50min.

· Inscrições até dia 30 de março de 2012

· Modalidade: Presencial

· Local de Realização: Universidade de Brasília - UnB

· Coordenação Geral: Profa. Dra. Claisy Maria Marinho Araujo

Instituto de Psicologia – Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento

· Corpo Docente: Professores Doutores/UnB e Convidados

Contato:

Secretaria do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu – Psicologia Escolar

E-mail: pglatoped@gmail.com

Fone: 61 - 3107-6831

3 comentários:

  1. Oi! Saudações! Se você está lendo este texto é porque provavelmente foi indicado por um profissional da psicologia por trabalhar na área educacional. É um enorme prazer pra nós, professores e estudantes da área de psicologia escolar da UFSJ- UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI, podermos trocar informações com você!

    Na nossa área de atuação, nós psicólogos escolares, precisamos ainda percorrer um longo trajeto entre o que efetivamente aprendemos em nossa graduação, o que as instituições escolares esperam de nós e o que podemos de fato contribuir em nossa ação cotidiana. Por isso estamos entrando em contato com você! Para que possamos diminuir o descompasso ou a distância que existe entre a teoria, a prática e a realidade.

    Para tanto, estamos desenvolvendo um jogo eletrônico (vídeo-game) no qual o estudante das disciplinas de psicologia escolar terá a oportunidade de entrar de forma lúdica em contato com o universo do psicólogo escolar sensibilizando-se de forma crítica a esta tão diversa realidade. Ele poderá fazer isso antes das práticas de estágio, por exemplo, para se preparar para o campo.

    O jogo é uma ferramenta pedagógica que, após seu lançamento, poderá ser aperfeiçoada pelos profissionais que o utilizarem.

    Contudo, neste primeiro momento de construção desse dispositivo lúdico deparamo-nos com impasses... Como poderemos nos aproximar de forma mais leal possível a este universo? Como tornar impressionáveis e reais as situações com as quais o estudante vai se deparar? Como levar ao jogo o cotidiano do psicólogo escolar transformando-o em uma ferramenta de aprendizagem?

    Por isso precisamos de sua ajuda! Sua contribuição será muito bem vinda!
    Se tiver problemas para visualizar este formulário, você poderá preenchê-lo on-line:

    https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?fromEmail=true&formkey=dDhFMGp3Nmpnb191UjBQZHZ0czQzbGc6MQ

    ResponderExcluir
  2. Larissa
    não consegui abri um endereço. Envie-me por email:
    moura.Juliavirginia@gmail.com
    aabraços
    Julia

    ResponderExcluir
  3. Larissa, não consegui abrir o link. Aguardo novo contato.
    abraços
    Julia

    ResponderExcluir

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores