“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Combatido, desde o início, o Acordo Ortográfico é adiado para 2016

As novas regras, da Reforma Ortográfica, adotadas pelos setores públicos e privado desde 2008, deveriam ser implementadas de forma integral a partir de 1º de janeiro de 2013, porém o governo federal vai adiar para 2016 a obrigatoriedade do uso do novo acordo ortográfico.
Com objetivo de melhorar o intercâmbio cultural entre os países onde se fala a língua portuguesa dentre outros de cunho econômico e também cultural, uma série de mudanças ortográficas foram feitas desde 2008 e várias publicações entre elas os livros didáticos já vem sido editadas com as mudanças. Com o adiamento da obrigatoriedade do uso das novas regras, muita coisa poderá acontecer ao longo destes três anos à frente, tanto as reformas poderão permanecer como podem ser suprimidas ou acrescentadas outras. O uso do trema, por exemplo,
será opcional, a acentuação dos ditongos abertos, também.
rr
imagem:folha.uol.com.br/educacao
A justificativa para esta prorrogação, segundo o governo, é que durante este tempo, que se passou entre sua criação e o prazo para sua implementação definitiva, foram observadas que as mudanças não foram totalmente adequadas, algumas excessivas e, sobretudo sabe-se que nem todos os países, apesar de terem concordado, não estavam satisfeitos. É o caso de Portugal, por exemplo.
Não haverá sanções para quem desrespeitar a regra, que é, na prática, apenas uma tentativa de uniformizar a grafia no Brasil, Portugal, nos países da África e no Timor Leste.
Se já havia debates e descontentamentos agora a tendência é a polêmica se tornar maior.
Fonte de Pesquisa:
“Folha online”
http://www1.folha.uol.com.br/educacao/1204152-governo-adia-novo-acordo-ortografico-para-2016.shtml








Nenhum comentário:

Postar um comentário

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores