“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


domingo, 27 de maio de 2012

Sistema de Numeração Decimal–Adição e Subtração–Um Plano de Aula–1º ao 3º Ano

Interdisciplinando e dinamizando um aula de ciências sobre os animais, de onde sserão coletados dados para formação de numerais, quantificação, sistema de numeração decimal, e situações-problemas, envolvendo adição e subtração, com uso da sapateira, foi a demonstração que a Coordenadora Pedagógica Adriana demonstrou aos professores do 1º Bloco do Bia, na IV Coordenação Especial .
DSC02043
A Coordenadora Adriana iniciou a execução de seu plano de aula
, esclarecendo aos professores que uma turma motivada de forma significativa está pronta para desenvolver o conhecimento sobre o conteúdo curricular que o professor tenha planejado para sua aula, principalmente para as aulas de matemática, onde os dados que serão trabalhados tem que ser significativos para o aluno, fazer parte de seus interesses, e estar envolvidos no seu cotidiano.
O terma escolhido foi Animais – Espécies.
Materiais para esta aula:
  1. Uma sapateira – com canudinhos e borrachinhas para amarrá-los
  2. Tabela de números de 1 até 100      DSC02040    DSC02039
  3. Uma lista contendo nomes dos animais ( nomes, nomes com imagens, ou miniaturas de plastico, de todas as espécies: aves, mamíferos, répteis, insetos…)
DSC02055 
Estratégias
Colocar a tabela com todos os nomes de animais, ou distribuir miniaturas à turma dividida em grupos.
Deixar que os alunos falem sobre os animais, contem histórias, falem dos seus animais domésticos. Provocar discussões sobre as caractéristicas de  cada um.
Distribuir á cada grupo uma folha de cartolina , contendo apenas o título da espécie e solicitar que escrevam, retirando da lista de animais fixada na lousa, os animais da espécie solicitada ao seu grupo.
Solicitar o total de animais de cada espécie encontrada, registrando o número num canto da cartolina. Todas as cartolinas de todos os grupos serão fixadas na lousa.
Com os dados colhidos desta atividade a professora vai realizar com os alunos:
DSC02041  DSC02042
*Atividade realizada com os professores
Quantidades: maiores que, menores que; correlacionar com canudinhos e introduzir , ou fixar o conhecimento adquirido do sistema de numeração decimal. (sempre usando a tabela de números de 1 a 100: identificando o numero,  o anterior e o posterior)
Após esta atividade de relacionar números e quantidades  na sapateira, a professsora vai provocar a construção de situações-problemas, usando os animais representados pelos canudinhos na sapateira, e provocar a solução, realizando operações de adição e subtração.
Importante
Este momento em que se constroi situações-problemas, oralmente, informalmente é  o grande   momento de escolher alguns e  registrar da forma como foram construídos, com o objetivo de que o aluno entenda enunciados (quando for solucionar situações-problemas já formulados)  e assim sberá como será solucionado.  O aluno que constroi um enunciado de um problema nunca vai fazer a “famosa pergunta”: é de mais? ou é de menos? é de tirar? ou é de juntar? Quando um aluno faz essa pergunta, a tendência do professor é achar que o aluno está com “preguiça de pensar”. Na verdade ele “não tem a menor ideia de qual operação vai usar para solucionar o problema, porque, simplesmente ele não entende, esse é um conhecimento que não foi construído por ele.
Após o desenvolvimento desta atividade as Coordenadoras do Bloco Inicial do Bia encerrou com os professores conhecendo, manuseando, jogando e explicando diversos “Jogos Matemáticos” para desenvolvimento do raciocìnio lógico.

DSC02053 
DSC02052  DSC02048
DSC02047  DSC02051

DSC02049   DSC02044

Estas atividades foram desenvolvidas na IV Coordenação Coletiva Especial /2012  - Escola Classe 02 do Arapoanga – Planaltina-DF
Por: Júlia Virginia de Moura – Pedagoga

2 comentários:

  1. Oi Júlia
    É mais fácil alfabetizar do que ensinar matemática, a criança começa a abstrair as soluções matemáticas mais ou menos na quarta série e olha que o professor tem que dominar a matéria muito bem para fazê-los trabalhar com materiais e brincando muito com eles. Se eles tiverem no professor seu porto seguro tudo fica mais fácil
    Abraços
    Dorli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você. Ensinar e aprender português é mais fácil, Dorli. E matemática eu, falando como aluna e hoje como professora sinto que matemática foi mais difícil de aprender porque é mais díficil de ensinar: um é resultado do outro. Pensa bem!

      Excluir

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores