“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Sugestões de atividades pedagógicas - Vídeo em sala de aula


Sugestões de atividades pedagógicas -   Vídeo em sala de aula
1- Vídeo motivação – se o professor trabalhar um projeto de pesquisa ( ciências, geografia, biologia, história...) use um vídeo sobre o tema – isso vai despertar ideias e estimular a criatividade e haverá uma diversidade de aspectos pesquisados- que o próprio vídeo provocará. Um vídeo traz para a sala de aula, realidades distantes dos alunos: um período histórico, uma região de clima desconhecido, a evolução das espécies... tudo o que concretamente torna-se abstrato, e inimaginável torna-se mais real através de um vídeo ( mesmo que o tema seja aventura ou drama).
2- Outra sugestão que será um sucesso em sala de aula é produzir os próprios vídeos: durante a execução de um experimento no laboratório de ciências, uma aula de artes, eventos da escola ou da turma, gravar uma pesquisa de campo, entrevista, depoimentos... Qualquer tema registrado e depois usado na sala de aula, para análise, avaliação do trabalho, descobrir erros e acertos... abre um leque de possibilidades que a criatividade do professor vai desenvolver. E os alunos vão adorar, pois ser o ator e ver a sua atuação vai atuar na automotivação e a autoestima que é tão importante na aprendizagem vão ter o seu espaço.
3- Os alunos podem ser incentivados a produzir dentro de uma determinada matéria, ou dentro de um trabalho interdisciplinar. E também produzir programas informativos, feitos por eles mesmos e colocá-los em lugares visíveis dentro da escola e em horários em que muitas crianças possam assisti-los.
4- E uma ação leva á outra: se a escola é conectada, criar um blog da turma (este é um tema que terá uma postagem exclusiva), mas agora não poderia deixar de citado, para que todo trabalho realizado pelas TICs- fotografias, vídeos... Não fiquem no esquecimento ou sem continuidade. Vídeo ligado á outras mídias como o computador, o CD-ROM, com os videogames, com a Internet.
O QUE NÃO PODE FALTAR QUANDO UsAR VÍDEO
Sempre passar informações básicas:
Tema – autor, duração do vídeo, e não antecipar o os alunos irão assistir e nem expor sua opinião (isso implica que o professor tenha assistido antes de passar aos seus alunos);
E no final abrir o tema para discussão, deixando que os alunos se expressem primeiro, não impor suas ideias, ou o objetivo, mas conduzir a discussão com seus argumentos e ideias sem se esquecer à visão moral: a realidade e o que seria o ideal (modelo).
FINALIZANDO – A ANÁLISE DO VÍDEO (semelhante à ficha literária)
- Que história é contada (reconstrução da história) e de que forma foi contada? (anotar no quadro)
- Que ideias foram passadas (o que diz claramente esta história)
. Quais os personagens mais importantes?
. Como viviam as pessoas?
- Quando e onde se passa a trama?
. Anotar cenas e ações (não explicadas e provocar ideias, para despertar o senso crítico)
. Valores: como são apresentados a justiça, o trabalho, o amor, o mundo...
. É um fato real? Há semelhança com a realidade atual (extrapolação) A partir de onde cada um de nós julga a história.
Experimente e faça do vídeo em sua sala de aula muito mais do que foi sugerido. Lembrando que há videotecas com vídeos para todos os assuntos e temas, mas lembre-se de não deixar que essa prática perca sua atratividade, ludicidade e magia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores