“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

O ÍNDEX - O QUE EU QUERO PARA O MEU FILHO


O Índex: o que eu quero para o meu filho



       "O meu querido, afável e fascinante filho é absolutamente maravilhoso tal como é.
        Gosta de futebol, de pintar, brincar com carrinhos, divertir-se com os amigos tal como qualquer outro rapaz de seis anos e ele tem síndroma de Down. Mas isso não é um problema para ele. Ele não precisa de cura ou arranjo.
       Ele precisa de participar e estar incluído. Por isso, o processo do Índex é um presente para mim como pai e companheiro, porque ajudará a nossa escola a fazer uma análise aprofundada do que ela necessita de mudar e adaptar, no currículo e na nossa forma de pensar para fazer com que o Sérgio freqüente a escola a que pertence.
        Constituímos um grupo coordenador, que integra o Conselho Executivo, os responsáveis pelos serviços especializados de apoio educativo e eu mesmo como representante dos pais.
Escolhemos para nos apoiar de forma amiga e crítica um psicólogo de fora da área de
intervenção da escola"

www.eenet.org.uk/resources/docs/Index%20Portuguese.pdf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores