“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


sábado, 22 de janeiro de 2011

Desejo de Aprender = Aprendizagem Significativa - Profº José Moran- USP





Escola Conectada- Uma aprendizagem significativa está relacionada à possibilidade dos alunos aprenderem por múltiplos caminhos de forma colaborativa, permitindo o desenvolvimento de competências e habilidades. Nesse contexto, como tornar a sala de aula um espaço de aprendizagem significativa?


Moran- Os professores do ensino médio( em Curitiba) criticavam como era difícil dar aula para adolescentes desmotivados, dispersivos, barulhentos, indisciplinados.
 Uma professora de português deu um depoimento diferente. Ela não tinha problemas maiores com esses mesmos alunos. E  detalhou o seu método de trabalho.

1)"Eu gosto dos meus alunos e me preparo positivamente para as aulas".

 (…) Muitos professores parece que não apreciam os alunos, só os criticam e se preparam para a aula como para uma guerra e, evidentemente, ela acontece. 

2)"Procuro surpreendê-los sempre".



(…) os alunos aguardavam sempre por alguma surpresa. Às vezes era de caráter pedagógico: um vídeo diferente, uma nova dinâmica. (…). As aulas são diferentes umas das outras. Utiliza bastantes tecnologias : vídeos, CDs, DVDs, pesquisa na Internet.


3)"Faço os acordos possíveis para as atividades, pesquisas e forma de apresentação".

A professora procura negociar com os alunos os sub-temas de uma pesquisa: uns preparam um vídeo, outros um CD, outros desenvolvem uma peça de teatro. Acontece sempre um grande evento no fim do semestre para ampliar a repercussão dos trabalhos.
Os alunos se sentem valorizados, levados em consideração e correspondem participando com entusiasmo.



Agora,(o espaço era a sala de aula)continua com os estudantes no laboratório (organizando pesquisas, produzindo novos materiais), na Internet (atividades a distância) e no acompanhamento das práticas, dos projetos, das experiências: parte da carga horária da sua disciplina.



Educar com qualidade implica em organizar e gerenciar atividades didáticas em, pelo menos, quatro espaços.


1) Reorganização dos ambientes presenciais; as salas de aula podem tornar-se espaços de pesquisa, de desenvolvimento de projetos…
2) Aprendizagem em ambientes digitais


Há três campos importantes para as atividades em ambientes digitais: o da pesquisa, o da comunicação e o da produção-divulgação. Pesquisa individual de temas, experiências, projetos, textos…
O professor precisa hoje adquirir a competência da gestão dos tempos a distância combinados com o presencial. O que vale a pena fazer pela Internet que ajuda a melhorar a aprendizagem, que mantém a motivação, que traz novas experiências para a classe, que enriquece o repertório do grupo.(…)






3) Aprendizagem em ambientes experimentais profissionais e culturais ,espaços significativos da cidade: museus, centros culturais, cinemas, teatros, parques, praças, ateliês, centros esportivos, centros comerciais, centros produtivos, entre outros.
A escola pode trazer as manifestações culturais e artísticas próximas, fazendo dos alunos espectadores críticos e produtores de novos significados e produtos. Inserir atividades teóricas com as práticas, a ação com a reflexão.
Trazer pessoas com diversas competências para a escola mostrar novas possibilidades vocacionais para os alunos.(…)


O laboratório pode ser um espaço importante de integração entre as atividades presenciais e as virtuais, entre o mundo concreto e o abstrato, entre a teoria e a prática.
Se os alunos fazem pontes entre o que aprendem intelectualmente e as situações reais, experimentais, profissionais ligadas aos seus estudos, a aprendizagem será mais significativa, viva, enriquecedora.








?


Todos os serviços começam a poder ser realizados física ou virtualmente. Há um diálogo crescente, muito novo e rico entre o mundo físico e o chamado mundo digital, com suas múltiplas atividades de pesquisa, lazer, de relacionamento e outros serviços e possibilidades de integração entre ambos, que impactam profundamente a educação escolar e as formas de ensinar e aprender a que estamos habituados.


Escolas não conectadas são escolas incompletas (mesmo quando didaticamente avançadas). Alunos sem acesso contínuo às redes digitais estão excluídos de uma parte importante da aprendizagem atual: do acesso à informação;(…)
Hoje não basta ter um laboratório na escola (quando existe) para acesso pontual à rede durante algumas aulas. Hoje todos os alunos, professores Leia mais, leia tudo :

Nenhum comentário:

Postar um comentário

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores