“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

OS BEBÊS TAMBÉM SÃO ASSUNTO DA ESCOLA – PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PRECOCE

OS BEBÊS TAMBÉM SÃO ASSUNTO DA ESCOLA – PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PRECOCE

 
BRIN

        
          Com o objetivo de garimpar os sucessos da Pedagogia      Moderna e apresentar aos educadores e aos pais comprometidos com a educação dos filhos, em relação à Educação Especial, há um trabalho interventivo e preventivo de estimulação ás crianças que desde bebês apresentam um quadro de necessidades especiais ao seu desenvolvimento, ás suas aquisições cognitivas, habilidades e competências; é o Programa de Educação Precoce, realizado por profissionais da educação preparados, com a parceria da família, que participa de forma ativa dentro da escola junto com os professores e que, preparados, dão continuidade em casa. É de uma importância tão grande, que um percentual muito significativo de crianças que chegam ao projeto ainda bebês, têm suas dificuldades superadas ou amenizadas, ingressando na Educação Infantil dentro de uma continuidade da aprendizagem.
             O Programa promovido pela Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal é realizado nos Centros de Ensino Especial, em que cada cidade satélite possui um Centro e há dois no Plano Piloto.
LUDICO
             Pela experiência de 10 anos em salas de aula de alfabetização, e dois anos na Equipe de Apoio á Aprendizagem, no Centro de Ensino Especial de Planaltina – Distrito Federal, em que as crianças que terminam o Programa de Educação Precoce, aos 4 anos, passam pela avaliação psicopedagógica para serem encaminhado ás turmas de inclusão social; grande parte se destinava á Educação Infantil do Ensino Regular, porque o Programa é um atendimento de sucesso na Educação Especial, e Planaltina, cidade satélite de Brasília, tem em seu Centro de Ensino Especial, uma equipe que realiza um excelente trabalho no Programa de Educação Precoce, com muitos sucessos em sua história, com uma equipe bem especializada que tem sido motivo de reconhecimento e valorização, inclusive da área médica que faz o acompanhamento das crianças atendidas no Programa.
          O Programa de Educação Precoce atende as crianças de 0 a 3 anos de idade, consideradas com necessidades educacionais especiais e as consideradas de risco (Brasil, MEC/SEESP, 2001; são as crianças vulneráveis a apresentarem atraso no seu desenvolvimento.BEBES NOS CARRINHOS
            Com o caráter preventivo e interventivo, dentro de uma pedagogia voltada á diversidade e ás necessidades específicas de cada aluno e de estratégias pedagógicas dinâmicas e diferenciadas. Tem a visão do desenvolvimento integral, em que a criança é considerada na sua individualidade, que traz na sua bagagem um contexto próprio sócio-cultural e histórico, em que as ações mediadoras vão estar focadas na interatividade entre as crianças, professores e seus familiares. Esse é o tripé básico deste trabalho e só dessa forma ele pode ser realizado: ESTIaluno – professor – família.
           O Programa vai favorecer ás crianças o desenvolvimento de um ambiente em que eles próprios vão constituir agentes de mudanças, através do papel da família e das atividades estimuladoras.
GR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores