“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


sexta-feira, 15 de outubro de 2010

RESULTADOS DA PESQUISA–BULLYING

Resultados

      (…) Os estudos sobre prevenção do bullying indicaram que professores, pais e profissionais de saúde devem atentar para o fenômeno e para a identificação de vítimas, diminuindo ou impedindo sua ocorrência e seus efeitos, além da necessidade de programas anti-bullying que tornem as escolas e a comunidade lugares mais seguros para as crianças. A abordagem ao problema deve ser coletiva, identificando a natureza do bullying, a forma como ele muda com a idade e entre os gêneros, quais os fatores de risco e de proteção envolvidos e quais as estratégias de intervenção mais efetivas para o tratamento infantil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores