“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.

Paulo Freire


sábado, 9 de outubro de 2010

PREOCUPAÇÃO EXCESSIVA

    O psicólogos acreditam que a preoucupação com acontecimentos futuros, de forma negativa pode ser considerada normal, para solução de problemas. Mas á partir do momento que geram uma aflição excessiva, esse padrão de pensamentos vai dificultar a assimilação cognitiva e provovar a superestimulação das áreas de processamento do meio  e da emoção no cérebro.
        O que é preciso saber para evitar que as preocupações e desgastes do dia-a-dia se transformem em doença?
PREOC
- Ter em mente que as preocupações com o futuro são tendências naturais similares aos processos que o cérebro usa para resolver problemas, mas é preciso não deixar que isso se torne uma compulsão de controle inatingível.
_A dedicação á aflição por períodos prolongados mina a capacidade do organismo reagir ao stress, causando problemas no sono e na alimentação.
      Se o trabalho  e o dia-a-dia do mundo moderno exigem cada vez do indivíduo, seja qual for sua profissão, tirar o melhor proveito é a saída. Embora seja difícil, segundo os psicólogos, traçar a linha entre a preocupação saudável e aflição prejudicial, temos o resultado de uma pesquisadora Christine Calmes , que após ter desenvolvido um trabalho  de pós-doutotrado no Capitol Mental Illness Research, Education and Clinical Center , em Baltimore , acreditaque as pessoas bem sucedidas obedecema uma escala um pouco mais alta em termos de preocupação..Em sua opinião, desde que a aflição não tire o melhor de alguém (como sua lucidez , por exemplo, ela pode ser benéfica.PREOCUPAÇ 1Ou seja, o segredoestá na forma como as pessoas lidam com a situação: se a preocupaçãoas motivar a trabalhar com mais atnção aos detalhes em paralisá-lasou roubar-lhes a saúde, então certamente é positiva.
Fonte de Pesquisa :   www.Multiverso.com.br/Mente&Cerebro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

. Não seja apenas um visitante. Deixe seu comentário. Este é um espaço de intercâmbio de conhecimentos Entre educadores, e não apenas de divulgação de informações e conteúdos PARA educadores